.

.

olheosmuros:

Amai-vos uns sobre os outros 
Avenida Afonso Pena, Belo Horizonte, MG. Foto enviada por Tina Melo.

olheosmuros:

Amai-vos uns sobre os outros

Avenida Afonso Pena, Belo Horizonte, MG.
Foto enviada por Tina Melo.

eumechamoantonio:

No fundo, toda saudade morre afogada.

eumechamoantonio:

No fundo, toda saudade morre afogada.

ponto-do-eixo:

eu tava lá pra te emprestar a alma caso fosse possível, caso fosse preciso. eu tava lá com o jornal de ontem e algumas expectativas. mas você é aquele tipo de pessoa que espera conseguir tudo sozinha. e que fica quietinha esperando a dor te estragar aos poucos. o que acontece é que eu sofreria feito louco pra te poupar o dano, pra te poupar o gosto.

mas você taí, exibindo as cicatrizes como um troféu.
cê tem é mais alma que eu
muito mais alma que eu.

45 notas | reblog

601.247 notas | reblog

       Tem uma guerra no meu travesseiro
na minha mente
no meu corpo.
As paredes estão mais próximas
o ar viajou para onde existe o mar, o vento festejou.
O quarto está bastante quente,
uma temperatura fora do normal.
No meu quarto sem tv, suas
palavras que ficaram se tornaram
o meu único entretenimento
Eduardo Alves, indeferindo.." — No quarto sem tv.  (via blues-dapiedade) 118 notas | reblog
       Já faz alguns dias, meses quem sabe, que eu não escrevo uma frase sequer. E aqui se encontra o mal de quem escreve: se parar, é arriscado você não voltar mais. Se você acordar sem inspiração, o seu ânimo já cessa, a sua vida já fica sem cor. E as palavras corre, se esconde, foge como um pássaro azul em busca de paz, foge e não se preocupa em ser achado, você precisa se esforçar, se concentrar e tentar colocar tudo aquilo em palavras, transformar os sentimentos, transformar as aventuras, e equilibrar as palavras da melhor maneira possível, não escrevemos tudo aquilo que sentimos, e não sentimos tudo aquilo que escrevemos, você precisa encontrar e focar no que quer acreditar, no que faz você se sentir melhor, ou pior. Eu já não sei mais pra quem estou escrevendo, nem por qual motivo, mas é fundamental, não passe os dias com as folhas brancas, aproveite a primavera, faça as suas palavras viver, rime cada sílaba escondida." — Eduardo Alves, indeferindo. (via indeferindo) 60 notas | reblog
theme